Pesquisar este blog

segunda-feira, 22 de março de 2010

A filosofia no universo das outras ciências

A palavra ciência pode ser tomada no sentido lato e no sentido restrito.

Embora a filosofia mereça o título de ciência, porque se preocupa com a investigação das causas primeiras e finais de toda a realidade, apenas o é no sentido lato do termo distinguindo-se das ciências propriamente ditas por várias razões:

a)Pela profundidade de investigação:

- A ciência procura as causas próximas imediatas das coisas;

- A filosofia as causas últimas e finais das coisas;

b) Pela reflexão crítica:

- A ciência pressupõe reflexão e crítica;

- A filosofia põe em questão tudo o que se apresenta ao espírito para examinar, discutir, avaliar e descobrir o seu significado, inclusive o da própria ciência;

c) Pelo grau de generalidade e síntese:

- A ciência limita-se a realidade dos factos, ocupa-se dos fenómenos;

- A filosofia procura dar unidade total ao saber, pretende penetrar na realidade global;

d) Pela humanidade e valorização:

- A ciência ocupa-se em geral, da realidade estranha ao homem;

- A filosofia é essencialmente humana e axiológica, isto é, ela dá valor à acção e à existência humana.

A filosofia fornece às ciências os princípios  em que elas se baseiam, legitima-as, critica-as e defende-as.

Tal como a filosofia fundamenta as ciências, estas também fornecem os dados a partir dos quais a filosofia se eleva a explicações mais profundas.

 

4 comentários:

  1. obrigado, mas a filosofia nao ee chamada ciencia porquem se ele ee considarada a mae das ciencias...

    ResponderExcluir
  2. sera que ee possivel que uma mae galinha nasca um fulho pato

    ResponderExcluir
  3. obrigado, mas a filosofia nao ee chamada ciencia porquem se ele ee considarada a mae das ciencias...

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir